Tudo que você sempre quis saber sobre o Seguro Obrigatório da sua Bicicleta

DNVT

Estava procurando um lugar para escrever sobre isso e lembrei que tenho um blog :)

Essa é sobre o seguro obrigatório em Angola e a recente comunicação de que vão começar a fazer valer a lei. Bom, eu não ouvi ou li essa comunicação originalmente, mas como fui ‘informado’ por alguns colegas de trabalho que ‘se você ainda não tem o seguro automóvel o seu carro vai ser automaticamente apreendido’ e achei isso meio absurdo, achei melhor procurar saber mais.

Considerando os absurdos normais do dia-a-dia na nossa terra, até que a coisa não fugiu muito do padrão. Mas o que realmente me deixou no mínimo intrigado foi que os cidadãos também são obrigados a pagar pelo seguro das suas BICICLETAS. Ok que faz anos que eu não pedalo, muito menos nas ruas de Luanda; mas sempre gostei de saber que poderia tirar a minha Giant da aposentadoria precoce e passar a pedalar por aí sem custos adicionais a qualquer momento que desse na telha. Bom, pela minha interpretação da Lei, não é o caso (agradeço se alguém me disser que estou errado).

2014-07-01 13_19_30-Publicação Oficial

O importante aqui é deixar claro que, ao contrário do que alguns emocionados propagam por ai, a polícia não deve rebocar imediatamente nenhum veículo cujo proprietário ou motorista não apresentar o seguro. O indivíduo em questão tem até oito dias a contar da data da solicitação, para apresentar o documento. Eu não entendi muito bem esta parte do artigo (o que é um mal sinal), mas acredito que o mesmo indivíduo fica susceptível à multa.

2014-07-01 13_27_26-Publicação Oficial

Ainda segundo a minha interpretação do texto da Lei em questão, bicicletas deverão pagar uma taxa única do seguro de 23 UCF (Unidade de Correção Financeira).

2014-07-01 13_43_11-Publicação Oficial

Transformando UCF em dinheiro de verdade (não sei se a taxa de conversão está atualziada… provavelmente não):

2014-07-01 13_41_09-Publicação Oficial

Agora, caso o cidadão seja apanhado pedalando sem seguro, mais uma vez segundo a minha interpretação do texto da Lei, deverá pagar uma multa de 76.000,00 Kwanzas. O que provavelmente é mais custoso do que simplesmente comprar uma bike nova… dependendo da bike.

2014-07-01 13_41_57-Publicação Oficial Fico pensando se a polícia vai fazer blitz na marginal e na ilha e multar todos os ciclistas de fim de semana que passarem por lá…

O Censo

O Censo

Sim, o Censo Angolano de 2014.

Eu estava vendo a primeira publicação deste blog de 04 de Dezembro de 2005 que coincidentemente é sobre algumas estatísticas de Angola. As estatísticas foram tiradas do site Geohive porque na época eu acredito que o nosso INE (Instituto Nacional de Estatística) sequer tinha um site.

Bom, em 2005 quando olhei para os dados no Geohive, consegui coletar todas as informações que coloquei na publicação já referida. Hoje ao tentar ver informações similares atualizadas no site do INE, já perdi 30 minutos rodando nele e ainda não consegui encontrar nada parecido. Na verdade, tentando ser justo, encontrei até um link que supostamente me daria algumas estatísticas, mas nenhum dado realmente aparece:

2014-05-14 14_44_57-Instituto Nacional de Estatística
Propaganda enganosa :)

Sendo que ainda por cima, sabemos que entre 1985 e 2013 não aconteceu nenhum Censo, então o nosso querido INE esqueceu-se de adicionar ali a palavra ESTIMATIVA.

O Geohive por sua vez, tem os dados dos Censos anteriores realizados em Angola (os dados abaixo refere-se ao número de habiltantes):

1950-12-31 4,145,266
1960-09-01 4,830,449
1970-12-15 5,646,166

Para tentar compensar, o INE apresenta uma página com os principais indicadores de Angola por província, o que é melhor que nada:

Principais indeicadores de Angola por província.
Principais indicadores de Angola por província.

Obviamente o Geohive foca-se em quantificação populacional então, muitos dos dados que o INE apresenta (e deve) estão fora do escopo do deles. Por outro lado o Geohive apresenta muitos dados que o INE deveria apresentar mas não se vê sinal dos mesmos no site. Deve ser informação secreta :)

Comparações à parte, vou me abster de falar da desgraça que vai ser esse Censo de 2014 no sentido em que os resultados que serão apresentados (se é que um dia vão ser apresentados ao povo) não irão refletir os reais números da população Angolana. Mas, como os otimistas gostam de pensar, tinha-se que começar de algum lugar.